A Voz do Povo

Anuncie Aqui

terça-feira, 26 de setembro de 2017

DO IMAGINÁRIO A REALIDADE

DO IMAGINÁRIO A REALIDADE!

Prédios no centro de São Paulo abandonado e ocupado por sem teto vem sendo adequada e equipado para o bem estar dos moradores .
Há cinco anos o prédio ocupado na sete de abril era um prédio abandonado que não tinha nem uma serventia.

As novas instalações como a reforma das redes elétricas e a reforma completa de um dos elevadores tudo feito com o rateio dos moradores.
O prédio estava em mal estado de conservação e servira como proliferador de pombos e mosquito da dengue por causa do acumulo de água em sua cobertura e a fachada totalmente pichada como mostra o depoimento dos moradores.

Muitos prédios abandonado no centro de São Paulo deve uma fortuna de imposto para prefeitura dinheiro que poderia ser usado na melhoria da educação e saúde.
O Relato dos moradores nesse documentário mostra que esse prédio abandonado tirou muitas famílias do aluguel absurdo garantindo uma vida melhor e digna.

O documentário DO IMAGINÁRIO A REALIDADE mostra depoimentos de morador que saiu das ruas com seus filhos e encontrou oportunidade para recomeçar.
Os relatos nesse documentário é o reflexo do da miséria imposto por políticas publicas mal planejadas e políticos que passa e anos e sai ano brincando de casinhas.
O JORNAL A VOZ DO POVO agradece a Fernanda Matos Secretaria Social do Movimento que fez todo empenho e auxiliou completamente nesse documentário.
www.facebook.com/juquinhacinegrafistaeditor

Jair Ribeiro (Juquinha)

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Genocídio em nome de Deus

A novela bíblica como os DEZ MANDAMENTOS, A TERRA DE CANÃ e O RICO E O LAZARO mostrou uma coisa muito importante, na época, ouve muitos genocídios em nome de Deus.
No passado se matava em nome de Deus para chegar em Canã muitas cidades e tribos foi esfoladas mantando mulheres e crianças, sempre usando nome de Deus. HOJE FAZ BEM PIOR, tira tudo o que têm dos membros em nome de Jesus com promessas de falsas curas, de ganhar um espaço no Céu.
As mentiras que pregam como prosperidades induzindo o membro a dar o que não têm, acreditando que vai alcançar uma determinada vitoria e quando percebe que não têm mais o pouco que tinha se a funda na Fé.
Essas pessoas são ovelhas abatidas por esses lobos vestidos de ovelhas com pele de cordeiro hoje nada mais são hipócritas e ladrões dos fieis.
Homens como os tais gananciosas impedem pessoas de fé e seguir cristo em busca do objetivo principal que a salvação.
Jair Ribeiro Juquinha

sábado, 1 de julho de 2017

Movimentos por moradia participa das paralelizações gerais 30-06-2017


Imagem Jair Ribeiro (Juquinha)
O movimento por moradia UAMP participou nesse dia 30-06-2017 da geral reivindicando agilidade na moradia popular.
Eduardo santos (Netinho) fala dos avanços na moradia e também critica a Gestão Doriana (Doria) vem cometendo ações desastrosas na cidade de São Paulo.
Doria tem afirmado que a Cracolândia não existe mais no centro, porem quem anda no centro percebe que a Cracolândia foi fragmentada em pequenos focos trazendo desconforto e insegurança para quem frequenta o centro.

Netinho fala dos avanços do prédio 176 que passou por algumas reformas na fachada trazendo uma visão bem melhor na região da sete de Abril e fala com orgulho da instalação de um elevador no prédio, dessa forma agilizando a vida dos moradores que mora em andares mais alto.
“Os custos dessas reformas é contribuição dos moradores que luta por uma moradia digna e Humana, morar no centro não deveria ser um privilegio e sim um direito, tentamos fazer diferente em nossas ações, visando o interesse social habitacional e mantendo os critérios das famílias em adquirir a sua casa própria”.

O Golpe da moradia já vem desde a idade das cavernas com a mesma alegação que não tinha tanto barranco para construir um buraco.
Doria instalou com força bruta e covarde para quem ocupa prédio abandonado no centro, já ouve caso de agressão física e moral contra quem tenta ocupara prédios sem nenhuma serventia social no centro.
A moradia deveria ser tratada com mais seriedade e respeito, a luta sessas pessoas por moradia é a lutar por um endereço digno e justo.

Jair Ribeiro (Juquinha)

terça-feira, 9 de maio de 2017

Lula ira depor em Curitiba 10-05-2017


Montagem Jair Ribeiro (Juquinha)


O jornal a Voz do Povo com o seu diretor Jair Ribeiro (Juquinha) percebe como será dura e difícil para quem reside nas áreas interditadas em Curitiba.
Os momentos tensos dos grupos a favor de LULA e os grupos contra o LULA a magistrada juíza Diele Denardin Zydek, da 5ª Vara Pública da Fazenda do Paraná teme pela segurança publica e estabelecendo com a ajuda da prefeitura perímetros nas proximidades onde o Ex: Presidente Lula prestara depoimento, mesmo com todo aparato de segurança os momentos serão tensos. Militantes, movimentos independentes e políticos do PT se organizam para ir a Curitiba nessa quarta-feira dia 10-05-2017, ônibus começou e se deslocar de todo o país para acompanhar quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que será interrogado pelo juiz federal Sérgio Moro. Lula é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex do Guarujá, e terá o primeiro encontro com Moro numa oitiva.

O presidente do Diretório Municipal do PT em São Paulo (DMPT-SP), Paulo Fiorillo disse que ainda não há um número fechado de coletivos que seguirão para a capital do Paraná. A ação pedida pela Prefeitura cita nominalmente o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), além de “outros movimentos” e alega risco à segurança pública da cidade caso as manifestações previstas para a data, com cerca de 50 mil pessoas em apoio ao ex-presidente, se confirmem.
A magistrada avaliou que o direito à manifestação não pode se sobrepor aos direitos de segurança, mobilidade e propriedade.

A juíza estabeleceu multa de 50 mil reais em caso de montagem de acampamentos e de 50 ou 100 mil reais em caso de passagem de carros e pedestres por áreas próximas à Justiça Federal, de acordo com a proximidade. A exceção fica para os veículos e pedestres cadastrados.
Jair Ribeiro (Juquinha)

terça-feira, 9 de agosto de 2016

O sonho de Mora Cine Marrocos

A atuação do estado para a sociedade torna-se muito importante tanto para a mídia suja quanto para os abutres e carniceiros políticos. Quero parabenizar as famílias que vêm em luta de um objetivo digno e de direito que é a Moradia e que muitos que representa o estado vivi e lucra da miséria de nossa gente Parabéns a essas pessoas de luta. O Estado infelizmente não posso dizer o mesmo, o que é deles de dever eles não faz e não cumprem, inúmeras famílias que vêm em busca de moradia digna, dando de cara com o descaso do próprio estado. Um secretario de habitação frouxo e pau mandado brinca de casinha enquanto as famílias perecem os seus sonhos. Se ergues da justiça a clava forte com certeza não é para todos o que não cumpre o que é determinado por lei e escrito na constituição não e são punido conforme a lei. Quando o estado falha, quando o estado se torna ausente nos abrigamos com o recurso que encontramos a questão da habitação já era para ser resolvido no Brasil falta interesse politico, e não faz por que é melhor sustentar a corrupção do que investir no social. Os prédios abandonado em São Paulo entorno de dezoito mil prédios chutando por baixo deve imposto faraônico poderia abrigar inúmeras famílias, não faz por que existe a especulação imobiliária urbana que não deixa os corruptos desse estado exercer sua honestidade muitos estão na lista da propina imobiliário. Então o estado resolve atuar quando se sente lesado ou por interesses de levar vantagens na mídia suja e comprometida como a nossa esses que atuam para o estado são os verdadeiros terroristas democrático em uma democracia suja, desumana e perversa. Um dia aparecera alguém que unira a esse povo jogado com os sonhos para se erguer com uma lança afiada para cortar as azas desses abutres famintos e insaciáveis, somente uma revolução nesse país para as coisas andarem, o desgraça de vez.

terça-feira, 26 de julho de 2016

A Miséria é um grande Negocio!


O proprietário tem um terreno há muitos anos e por que questões financeira ele deixa de pagar os seus impostos além de ter os impostos atrasados o terreno é improdutivo ou seja não se enquadra nas questões sociais.
O governo não tem se quer compromisso com a Habitação nesse país, sem falar que existe fraudes por trás das moradias, tanto pelos órgãos públicos, pelos movimentos e pelas pessoas que recebe esse beneficio de moradia.
Vamos por etapa para entender!
PROPRIETÁRIOS -> Deve uma soma enorme de impostos que muitas das vezes ultrapassa o valor do imóvel sem contar que o terreno é improdutível e desocupado o qual não tem nenhuma função social.
Em primeiro lugar, a Constituição relativizou o direito de propriedade. Ao mesmo tempo que o garante, ela também garante a sociedade que toda propriedade atenderá sua função social, e estabeleceu alguns mecanismo para isso, sem excluir outros.

Ou seja, o Estado DEVE (não é poder, mas dever) obrigar o proprietário de um imóvel a dar a sua propriedade uma finalidade, uma utilidade.
Antes da CF/88, adquirir um terreno para deixá-lo improdutivo era um direito, parte do direito de propriedade, e quem precisasse de um terreno para morar ou plantar que se ferrasse.
A Constituição garante à sociedade que a propriedade não ficará mais improdutiva e inútil, e estabeleceu um dever, uma obrigação aos proprietários, de dar uma finalidade ao que possuírem. E deu ao Estado o dever e os meios de garantir que isso ocorra.
A única forma de pressionar o governo e cumprir com o seu dever social de moradia é ocupando os terrenos e os prédios da cidade.


Ninguém quer casa de ninguém ou terras de ninguém, o prédio com dividas faraônicas desocupado enquanto o povo não tem onde morar e o governo habitacional se quer move para os menos favorecido e abre as portas para a especulação imobiliária.
Entidades e movimentos de moradia -> Alguma entidade (Movimentos de Moradia) que recruta as famílias que vem em busca de moradia se beneficia da miséria dessa gente  financeiramente na justificativa de oferecer uma inscrição na Habitação.
Alguns movimentos são sérios enquanto outros só pensa em valores arrecadados e assim tirando dessas pessoas o que eles não tem pra dá.

Locação das Unidades -> Alguns movimentos exploram financeiramente todas essas pessoas que vêm embosca de um teto.
Ocupações São divididas em varias unidades e locadas e locadas com taxa de inscrição para entrar na fila de espera da moradia.
As taxas de inscrições variam de 200,00 a 400,00 reais por família, o argumento usado é para cobrir as despesas do movimento.
Beneficiados -> os beneficiados por moradia alguns deles recebe o imóvel do governo do estado e passa para outros pela bagatela de Cinco a Trinta mil Reais e volta para a favela ou migra para seus estados de origem.
Não há uma fiscalização que impede tal negociação feita por esses beneficiados e essa deficiência continua se arrastando.

Impostos Atrasados -> o dinheiro de impostos desses imóveis atrasados poderia ser aplicado na saúde, na educação e saneamento básicos ao invés disso faz ao contrario.
Os proprietários de prédios e terrenos abandonados ou vazios podem ser notificados pela Prefeitura de São Paulo , Com a sanção do novo Plano Diretor Estratégico os imóveis e áreas particulares sem uso poderão ser até confiscados pela administração municipal futuramente.
Para ser considerado abandonado, um imóvel ou terreno precisa estar desocupado, com os impostos atrasados ou não estar conservado então não é invasão e sim ocupação.
http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/06/vence-prazo-para-saida-das-familias-de-predio-de-cinema-ocupado-em-sp.html

Veja os Telefones Uteis Clicando aqui

Cantinho do Leitor