A Voz do Povo

Anuncie Aqui

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Enchente Conteceu de novo no vista alegre 16 02 2011

A chuva forte que cai sobre a cidade de São Paulo na tarde de hoje dia 16/02/2011já deixou Algumas ruas do JD Vista Alegre totalmente alagadas como mostras fotos cedidas pelo Jornal Reportagem/ R Segundo os moradores mais uma vez suas casas fora alagadas pela chuva e algumas perderam tudo de novo moveis novinhos e os moradores desolados e sem direção se emociona diante da nossa reportagem. achuva que atingiu São Paulo nesta Terça feira 16/02/2011 provocou alagamentos, queda de granizo e deixou pessoas ilhadas. Um raio atingiu a rede de trens e prejudicou a circulação. Toda a cidade foi colocada em estado de atenção para alagamentos, e o córrego Ipiranga transbordou.
No jd Vista Alegre os moradores revoltados diante de tantos descasos reúne para quebrar a boca que faz a vazão de água do piscinão (córrego do cabuçu de baixo) Três equipe de reportagem esteve no local Jornal a Voz do Povo (JVP), Projeto Rede Rua (PRR) e O jornal Jornal Reportagem/ R e juntos ouviram moradores que reclama da falta de manutenção do piscinão e a falta de fiscalização da subprefeitura em atuar caçambeiro e donos de reforma que contrata pessoas para retirar o entulho da sua construção sem ao menos ter idéia onde será jogado.
A subprefeitura deveria fiscalizar melhor essa região e atua em flagrante pessoas que jogam lixo e entulho dentro dos piscinão por que antes tinha um agente que ficava 24 horas na beira do piscinão e hoje não tem mais. Diz: Eduardo Santos morador Líder comunitário.Há muitos transtornos no JD Vista Alegre e JD Eliza Maria e outros, um dia falta água que não tem nem se quer para bebes, as torneiras quando abre só sai ar água que é bom nada, no outro muita chuva que devasta as residências ao ponto de perder tudo e olha que é água para valer.

Então eu fico a imaginar diante de tantas idas um dia sem água nas torneiras e no outro muita água que invade dentro de casa e nessas idas e vindas eu começo a pensar, como as fases da lua, se repetem. Ontem, após quase três horas vendo os moradores de baldinho em baldinho retirando a água de dentro de casa, mais uma vez, invadida pela enchente, pensei: a única explicação razoável para o que acontece com as chuvas em São Paulo talvez esteja numa historinha singela-como a fábula da ave e a lua. É isso! E lembrei daquele Debret, de 1827, que mostra soldados colonizadores,
no meio da selva, matando índios botocudos a tiros de bacamarte.
Essas águas todas, que a nossa engenharia moderna não consegue domar, devem ser as lágrimas dos massacrados. Só pode ser praga. Algum cacique, antes do último suspiro, deve ter dito: “Jamais habitarão essas terras em paz. Os céus vos castigarão NO JD Eliza Maria Homem branco e Criancinha Branca passar muita sede no JD Vista Alegre Homem branco se afogar com criancinha”. Não há outra explicação. Não é possível que não seja isso.Vamos acordar e deixar de ouvir historinhas e começar resolver os problemas sociais e dar mais atenção a essa gente que de novo perderam tudo e que não tem mais para onde correr aqui JD Eliza Maria se correr morre por falta d água e JD Vista Alegre se fica morre afogado.
Esperamos que a subprefeitura possa solucionar esses problemas e fiscalizar melhor a área atuando com rigor quem não tem compromisso com a sociedade.
Os moradores têm que fazer a sua parte evitando jogar lixo na rua como temos presenciado no nosso dia a dia. o dinheiro público tem que ser bem utilizado na saúde ou na educação e não em enchentes provocada pelo seu lixo ou pela falta atenção dos órgão publico.

Assista o Vídeo

2 comentários:

  1. Essa gente vai continuar sofrendo não tem uma política publica nesse país.
    Na minha opinião Juquinha Grande Jornalista do povo essa gente tem [e que sair dai antes que morre alguém por causa da enchente.

    ResponderExcluir
  2. O problema não é sair. É não ter pra onde ir...

    ResponderExcluir

Veja os Telefones Uteis Clicando aqui

Cantinho do Leitor