A Voz do Povo

Anuncie Aqui

quinta-feira, 7 de abril de 2011

(Mairiporã) Jd Samambaia abandonado

]

Atendendo à reivindicações dos moradores locais, o Jornal Reportagem R juntamente com o Jornal A voz do povo, estiveram no local para conferir as denúncias, e o que puderam notar, é que o bairro Jardim Samambaia I, realmente está A-B-A-N-D-O-N-A-D-O.
È realmente um descaso, o abandono é visível!
Os moradores já estão cansados de tanta irresponsabilidade por conta da Prefeitura de Mairiporã, pois as suas reivindicações nunca são atendidas, segundo os moradores, parece que os políticos só lembram deles na época das eleições.
Porque nas eleições aparecem candidatos locais e de outras regiões dizendo que vão fazer melhorias, atendendo a todos os pedidos, mas depois que passa as eleições, ninguém nem se lembra que aquele lugar existe, isso realmente é difícil de entender.
Os moradores passam por dificuldades todos os dias, quando saem para trabalhar, não têm certeza se vão conseguir chegar ao serviço, muito menos se vão chegar em casa do trabalho à noite.
Quando chove ninguém entra e ninguém sai, o lamaceiro prende todos em casa, e aqueles que se arriscam à sair, colocam sua vida em risco, pois ao se arriscarem à pé, podem cair e se machucar.
Outro ponto crucial é que se algum morador se machucar, tem que apelar para a ajuda de vizinhos, e se o seu vizinho não estiver, ou não conseguir ajudar de alguma forma, aquela pessoa pode até morrer, se for o caso.
Por outro lado, se o vizinho puder socorrer, ele tem que levar a vítima até o Posto Policial da Pedra Branca para que eles façam o serviço da melhor maneira possível.
Tudo porque naquele local não tem condições mínimas de passagem. Se chover a estrada se torna intransitável tanto para os transeuntes como para os carros.
Esse descaso total não acontece somente com os moradores, mas com toda essa situação, o descaso acontece também com a nossa mãe Natureza. Onde está a Lei do Meio Ambiente? Será que entrou em desuso para a região de Mairiporã? Como anda a fiscalização?
A Serra da Cantareira que sempre está em evidência, com as maravilhas da Natureza, esconde por trás de tanta maravilha o descaso e o abandono, muito lixo, e uma população esquecida, que mal podem sair de casa tranquilamente. Um local onde as nossas crianças têm de brincar na terra e ir para a escola com os pés abarrotados de tanta lama. Uma população que aprende a viver sem segurança e sem ambulância, devido à falta de urbanização das ruas do Jd. Samambaia.
Os próprios órgãos que deveriam fiscalizar, fecham os olhos para os problemas locais. Parece que é muito mais importante se preocuparem com o Rodoanel, e com a construção de condomínios de luxo, do que fazer melhorias para a população local.
Será que é um caso de discriminação?

Elisangela Pedroso
Mtb nº 61091 SP


Assista o vídeo da nossa Matéria

6 comentários:

  1. Mairiporã cara so tem sem vergonha e ladrão eles gasta o dinheiro publico em farras e povo de Mairiporã fica no veneno com lama ate o pescoço, as nascentes estão sendo poluídas na cara deles e eles fica sorrindo do nosso povo sabe por que juquinha para recuperar e despoluir depois tem que gastar é ai que eles mete a mão no dinheiro do povo.
    so para vc ter uma ideia aqui em mairiporã o Prefeito começou esta semana a implantação de luminárias em diversas ruas dos bairros da periferia. A rede de iluminação pública atenderá bairros como Votorantim, onde começaram os trabalhos, Oásis, Apolinário, Nunes, Caraguatá e outros. mas o Jd Samambaia pode esquecer por que um bairro de pobre e de pouca renda parece piada mas é a mais pura verdade.

    ResponderExcluir
  2. Ladrão é o que não falta em mairiporã e o povo sofrendo será que essas pessoas não se toca se beneficiando da desgraça dessa gente?
    Ate os veiculo de comunicação daqui é manipulado e comprados por que recebe ordens para fazer so o que os sujos imundo mandam seja bem vindo e não se corrompe.

    Reinaldo mendonça
    Jd SamambaiaII

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde Juquinha Venho, por meio deste veiculo, pedir ajuda.

    “Morro” no Bairro chamado JD SAMAMBAIA II, na cidade de MAIRIPORÃ, lá não tem asfalto e nem iluminação públida, onde na conta de LUZ da ELEKTRO é cobrado iluminação pública sem ao menos ter.

    È um lugar de difícil acesso, quando chove piora a situação, muito barro, vira um lamaçal só.... onde agora neste exato momento com esses dias de chuva está criando buracos nos mesmo, e quase nos impedindo de sair pra trabalhar, agora vcs imaginam morar em um lugar que não tem iluminação pública e sem asfalto...e ainda ficar desempregada.... irá ficar mais complicado ainda....

    É um sonho de todos ter sua casa própria, e foi o nosso também....agora graças ao nosso bom DEUS não pagamos aluguel e estamos morando em um lugar que é nosso....

    Mas os prefeitos de MAIRIPORÂ poderiam melhorar o lugar, mesmo que existem crianças morando lá, e em uma emergência, de saúde, não conseguimos chegar em algum lugar para socorrer, pois o barro é muito....

    E existem lugares que correm risco de desmoronamento....isso é muito perigoso. Acho que o dever do PREFEITO é fazer que sua população viva com dignidade....... acho que ele tem o dever com todos não só com o Centro de Mairiporã, pos pagamos os mesmo impostos que todos lá pagam... Então acho que direitos são iguais a todos, indiferente da cor, raça.....ou situação financeira..

    Peço que nos ajudem. Aquele bairro foi esquecido...

    Se asfaltarem a Via Principal já é de grande valia, e ficaríamos muito grato por isso.

    Outro problema é o lixeiro que só passa quando não está chovendo e ainda uma vez por mês, e quando chove pode esquecer que eles não aparecem e com isso fica um acúmulo muito grande de lixo e o mau cheiro é insuportável (Eliana França, Assistente Fiscal, Jardim Samambaia II, Mairiporã, nossa cidade).

    ResponderExcluir
  4. valeu Juquinha parabens.

    ResponderExcluir
  5. Existem no brasil verdadeiros frigorifico humano,bairros a moda velho wester
    repleto de cangaceiros,ou pioes de boiadeiros,gente como a gente lideres de facçoes organizadas tipo maçonaria...golpes e mais golpes são dados em maquinas publica ou a base do carimbaço ou da escrita marron somos ainda ruminantes sem o capricho do conhecimento de nossos direitos de nossos valores somos suburbanos por opção marginalizado pela grande midia popular jornais revista televisão nos pincham como uma sociedade do subterraneo os ets dos sistema capitalista,vinculado a misseria e a fome e a dor e ao sofrimento nascemos para o trabalho escravo a tortura pelo salario e nosso suor arde em nossos olhos e somos diferente de tudo e de todos nossa ferrari e uma camiseta recolhidA NA LATA DO LIXO QUANDO TEM FORMULA UM EM SP...nosso alimento pode sim ser recolhido na lata de lixo nos jardins e quando morrenos não tem choro ou lagrima somos tratados como animais cobaia da sociedade e assim somos felizes com nosso barracao de zinco pendurado no morro pedindo socorro ajuelhado aos pes do capeta o rei dos negros e indios do brasil...forte abraço...

    ResponderExcluir
  6. Pensei que o problema fosse só do bairro onde resido, Mato Dentro, e que este estivesse sendo discriminado pela Prefeitura de Mairiporã.
    No Mato Dentro, região com quase 5 mil moradores, a Prefeitura e outras autoridades nunca fizeram absolutamente nada também durante estes últimos 20 anos.
    Só aparecem por aqui alguns fiscais para, de tempos em tempos, vistoriarem os imóveis para aumentarem o já exorbitante valor dos nossos IPTU's e aparecem também, tais quais uns montes de "abutres", em épocas de eleições municipais e nada mais.
    Aqui as coisas são conseguidas sempre pelos próprios proprietários e na raça.
    Rede telefônica e rede de energia elétrica, por exemplo, à principio ambas foram feitas por empresas particulares e pagas pelos moradores, acreditem.

    Tenho também um blog "torturasdegreenmips" no blogspot onde eu "meto a boca no trombone" também.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir

Veja os Telefones Uteis Clicando aqui

Cantinho do Leitor