A Voz do Povo

Anuncie Aqui

sábado, 21 de janeiro de 2012

Guerra civil para arrumar o Brasil




O Brasil desde a sua descoberta é alvo constante de ladrões como os portugueses que invadiram roubaram mataram violentarão sempre na certeza da impunidade de que nada acontece nesse país.
Há 512 anos atrás era só uma fatia do que teria por vir como já presenciamos nos dias atuais aqui é a terra de ninguém esnobam o dinheiro publico como se fosse a fará do boi, enquanto nosso povo morre nas filas de hospitais como sardinha em empresa de enlatados.
Não da para ficar calado de braços cruzados quando vemos nosso dinheiro sendo jogado pelo ralo, enquanto os que são eleitos para representar nossa gente nada fazem e assistem tudo de camarote o povo se definha profundamente na miséria e no descaso.
Uma guerra civil mudaria a cara desse país, só assim respeitariam mais nosso povo, enquanto não acontece o desrespeito sempre ira prevalecer.
Dizem que uma guerra civil traz catástrofe e efeitos irreversíveis, com perdas irreparáveis.

Mas nos já vivemos uma guerra civil e que as famílias são frangos nas mãos de guerrilheiros, ou melhor, bandidos sem nenhuma causa e o seu único objetivo é zurpar os pertences das vitimas.
Os descarados políticos e jornalistas quando fala de desarma a população é por que existe um medo quando se trata de uma população armada, como desarmar uma população se o poder publico não oferece nenhuma segurança para as famílias, quem protege as nossas famílias de doentes que alem de roubar os pertences ainda tira a vida.
São hipócritas apresentadores e marionetes de emissoras que falam em desarmamentos por que as desgraças das vitimas que se foram já li rendeu audiência.

O povo desarmado não oferece risco para um governo corrupto e sujo como o nosso no Brasil é por isso que entram em cena as campanhas do desarmamento milionária feito com o dinheiro publico.
O pior é que ainda tem gente que apóia a campanha de desarmar a população, MAS pergunta para as famílias que tiveram seus entes queridos assassinados sem nenhuma defesa, já tentaram ficar no lugar dessas famílias onde o poder publico se quer pode fazer nada ou vai fazer alguma coisa, por que a cada dez assassinato um é resolvido segundo uma matéria do Datena.
O filho de uma amiga a Sonia Regina uma de nossas leitoras do Jornal Avoz do Povo o filho dela foi vitima dessa violência sem tamanho Rapaz Trabalhador pai de família de casa para o trabalho leva a palavra de Deus para os necessitados de espírito, na noite do dia 24 para o dia 25 de 2011 sem esboçar nenhuma reação levou um tiro no rosto numa tentativa frustrada de assalto tudo isso do lado da esposa e filho em um cruzamento.
Uma tragédia anunciada para a família Sonia Regina é uma mulher muito forte e muito guerreira ao saber que um pedacinho dela estava ferido em cama de um hospital.
Seu filho passou por uma cirurgia e teve a bala (munição) retirada e já teve alta e se encontra em casa com a sua família.
Admiramos como esse rapaz foi forte em sua recuperação, mas poderia ter sido bem pior.

A impunidade é tamanha que não tem tamanho dimenor nesse país pode fazer o que bem quer não ir para escola, roubar, usar drogas e beber, MATAR, seqüestrar e tantas outras coisas.
Um menos assaltou um casal e deu tanto azar que o cara dominou o jovem infrator foi pego em flagrante e espancado por populares. O jovem ficou bastante machucado e foi encaminhado para o pronto-socorro onde ainda permanece sobe os cuidados médicos.e apanho pouco na minha opinião, a vitima o trabalhador foi conduzido ate a delegacia e lá o delegado lhe deu voz de prisão por ter segurado o menor para a população linchar.

Para que espera ou evitar o que estamos vendo nos dias atuais o povo brasileiro precisa se mobilizar e cobrar seus direitos que lhes são garantidos pela constituição, parar de assistir big broder e fingir que mora numa ilha desabita acordar do berço esplêndido ao som dos gritos de justiça, liberdade e paz.
É preciso conseguir conquistar com braço forte, os nossos direitos em uma democracia disfarçada de ó liberdade com fortes requintes da ditadura.
Aqui um dia o sol Já raiou a liberdade no horizonte do Brasil as pessoas nos dias de hoje constrói casas e escolas com a mesmas fortaleza de uma penitenciaria.
Será que ainda iremos ver o nosso povo ainda sendo vitima de uma política suja e corrupta como a nossa?
É chegado a hora de erguer da justiça a clava forte, para que os os corruptos vejam que um filho teu não foge à luta e não teme, a própria morte é chegado a hora de mobilizar o nosso povo escolhendo as causas para ser defendida mesmo que os nossos sangues escoram pela terra.

As vezes eu fico a imaginar agente tem que para de exigir que os políticos sejam honestos, por que nós somos corruptos iguais a eles, a população inteira. Vou falar seis coisas típicas dos brasileiros.
1. - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.
2. - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas..
3. - Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.
4. - Troca o voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, e até dentadura.
5. - Fala no celular enquanto dirige.
6. - bebe dirige.
Enquanto o Brasil for governado por esses bandos de políticos e eleito pela maioria de eleitores que vota em candidatos só por que ele engraçadinho e continuam apoiando algumas autoridades salafras que deveriam esta do lado da população, ao invés de defender políticos safados, é ruim do Brasil ser consertado.
Para o Brasil mudar é preciso ser redescoberto e de preferência por índios por que os portugueses roubam de mais.
Somente uma guerra civil para botar para fora políticos sujos e corruptos, invadir câmaras dos vereadores, o planalto de Brasília e qualquer coisa que se opuser no meio do caminho, para que o Brasil possa ser um país de todos e não de meia dúzia.

Jair Ribeiro (Juquinha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja os Telefones Uteis Clicando aqui

Cantinho do Leitor