A Voz do Povo

Anuncie Aqui

sábado, 1 de julho de 2017

Movimentos por moradia participa das paralelizações gerais 30-06-2017


Imagem Jair Ribeiro (Juquinha)
O movimento por moradia UAMP participou nesse dia 30-06-2017 da geral reivindicando agilidade na moradia popular.
Eduardo santos (Netinho) fala dos avanços na moradia e também critica a Gestão Doriana (Doria) vem cometendo ações desastrosas na cidade de São Paulo.
Doria tem afirmado que a Cracolândia não existe mais no centro, porem quem anda no centro percebe que a Cracolândia foi fragmentada em pequenos focos trazendo desconforto e insegurança para quem frequenta o centro.

Netinho fala dos avanços do prédio 176 que passou por algumas reformas na fachada trazendo uma visão bem melhor na região da sete de Abril e fala com orgulho da instalação de um elevador no prédio, dessa forma agilizando a vida dos moradores que mora em andares mais alto.
“Os custos dessas reformas é contribuição dos moradores que luta por uma moradia digna e Humana, morar no centro não deveria ser um privilegio e sim um direito, tentamos fazer diferente em nossas ações, visando o interesse social habitacional e mantendo os critérios das famílias em adquirir a sua casa própria”.

O Golpe da moradia já vem desde a idade das cavernas com a mesma alegação que não tinha tanto barranco para construir um buraco.
Doria instalou com força bruta e covarde para quem ocupa prédio abandonado no centro, já ouve caso de agressão física e moral contra quem tenta ocupara prédios sem nenhuma serventia social no centro.
A moradia deveria ser tratada com mais seriedade e respeito, a luta sessas pessoas por moradia é a lutar por um endereço digno e justo.

Jair Ribeiro (Juquinha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja os Telefones Uteis Clicando aqui

Cantinho do Leitor